CBsurf Pro Tour em Itacaré começa neste final de semana

Terceira etapa do Profissional da Confederação Brasileira de Surf será já nesta terça e quarta-feira

A Bahia já deu “régua e compasso” para muito dos seus surfistas se tornarem referência no surfe profissional nacional.

Se no passado nomes como Jojó de Olivença e Armando Daltro se firmaram entre as principais referências baianas no surfe do Brasil e do mundo, hoje a melhor forma de saber quais os principais nomes do surfe da boa terra é ver quais serão os seus representantes nas baterias do CBSurf Pro Tour, de etapa três nesta terça e quarta-feira na Praia da Tiririca, em Itacaré, onde o mais novo circuito da Confederação Brasileira de Surf, desembarca na Bahia já na primeira temporada.

Itacaré ratifica sua vocação turística e hospitaleira sendo paraíso com surfe que promove suas belezas também através de competições de surfe de alto nível como o CBSurf Pro Tour, também prestigiada por representantes baianos, a exemplo de Iago Silva, Yves Lopes, Marco Fernandez e Bino Lopes.

Uma dupla do sul do estado, Franklin Serpa, da vizinha Ilhéus, Yagê Araújo, expoente da anfitriã Itacaré, foram respectivamente campeão e terceiro em evento internacional que a Praia da Tiririca recém sediou e são nomes certos para a terceira parada do CBSurf Pro Tour que desembarca nesses dias 23 e 24, de outubro para dividir mais uma vez oitenta mil reais entre homens e mulheres,

sendo o evento oficial do circuito da entidade maior da modalidade, a Confederação Brasileira de Surf, CBSurf, presidida pelo baiano Adalvo Argolo, que terá a primazia de ser o dirigente do surfe nacional em sua estreia olímpica em 2020,

“Superando dificuldades, e cada vez mais afinados e apoiados pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), festejamos muitos títulos no surfe de base, a evolução constante dele que breve vai ao Mundial Júnior nos Estados Unidos”.

“Mas comemoramos algo igualmente importante: definir um campeão e uma campeã brasileira no alto rendimento, inclusive reforçando a igualdade, pois nas colocações masculinas e femininas, em que ambos são premiados, os valores são os mesmos” exalta Argolo.

Um olho no Brasil outro no Japão

Além da igualmente almejada taça de campeão, os 1000 pontos e os oito mil reais no profissional masculino ficaram nas duas etapas anteriores com o potiguar e líder invicto Jadson André, enquanto que a cearense Larissa Santos faturou a mesma pontuação e igual fatia da premiação na abertura para em seguida se manter na ponta com segundo lugar na etapa vencida em São Paulo por Tainá Hinckel, da novíssima geração catarinense e igualmente detentora de titulos de base na CBSurf.

Jadson André, está em ritmo forte de treinos para, já ano que vem, buscar garantir uma das duas vagas masculinas nas Olimpíadas 2020, além do que almeja confirmar o título nacional profissional, sempre lembrando que foi em 2018, com o elogiado e inédito CBSurf Pro Tour, que o potiguar começou a competir eventos nacionais desde que se profissionalizou, pois antes só disputara no Brasil provas da base na qual foi campeão brasileiro da CBSurf desde a Sub 14 ou evento profissional internacional no país, inclusive vencendo Kelly Slater em final para quebrar, em 2010, um jejum de títulos de brasileiros em etapa do mundial no Brasil que perdurava desde1998 . vitória repetida depois pelos paulistas Adriano de Souza e Felipe Toledo, atletas que também possuem carimbo de campeão nas categorias de base da CBSurf, por onde também passaram os brasileiros hoje entre os 16 melhores do mundo, a exemplo do líder Gabriel Medina.

Entre as mulheres, Larissa Santos e Tainá Hinckel são as duas únicas que podem igualar as duas vitórias que já possui o líder do masculino, mas nomes como da pernambucana Monique Santos, da paulista Camila Cássia e das cariocas Thaís Almeida, Anne dos Santos e Karol Ribeiro, figuram entre adversárias que querem vencer na Bahia.

A Confederação Brasileira de Surf homologa como terceira etapa do CBSurf Pro Tour o evento que se realiza nesta terça e quarta-feira na Praia da Tiririca, Itacaré, Bahia, contando com a Nosso Lar Construtora e Backfish, apoio da Prefeitura Municipal de Itacaré através da sua Secretaria de Esporte, Cultura e Juventude, sendo a filiada estadual a Federação Baiana de Surf (FBSurf) e realização da Associação de Surf de Itacaré (ASI).

RANKING CBSurf Pro Tour antes da etapa 3

MASCULINO

1º Jadson André – RN – 2.000

2 Geovane Ferreira – SP – 1.415

3 Marcos Corrêa – SP – 1.110

4 Bino Lopes – BA – 1.055

5 Rafael Teixeira – ES – 1.030

6 Alan Donato – PE – 1.005

7 Weslley Dantas – SP – 970

7 Artur Silva – CE – 970

FEMININO

1ª Larissa dos Santos – CE – 1.860

2 Gil Ferreira – RN – 1.470

3 Anne dos Santos – RJ – 1.460

4 Tainá Hinckel – SC – 1.400

5 Taís de Almeida – RJ – 1.340

6 Rayssa Fernandes – PB – 1.060

7 Yanca Costa – RJ – 1.055

7 Karol Ribeiro – RJ – 1.055

 

Fonte: CBsurf Pro Tour

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *