Itacaré registra mais três casos confirmados de coronavírus

O município de Itacaré registou na manhã deste domingo (17) mais três casos confirmados de coronavírus. A notícia reforça as orientações do Comitê de Monitoramento quanto a necessidade de todos seguirem as regras de isolamento social, usarem máscaras, evitarem aglomerações e, principalmente, ficarem em casa. De acordo com novo boletim epidemiológico, Itacaré tem 82 casos notificados, 60 casos descartados, 16 aguardando resultados, 181 em monitoramento, 134 liberados e dez casos confirmados.

Os três novos casos foram registrados no distrito de Taboquinhas, mas o Comitê de Monitoramento informa que é preciso que todo o município esteja atento, se preservando contra a doença e denuncie as pessoas que ferem e descumprem as regras do isolamento. O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, informou que novas medidas estão sendo adotadas pelo Comitê de Monitoramento como forma de garantir a saúde da comunidade e proteger a população, mas essas ações só terão eficácia e só vai ser possível evitar do coronavírus de todos fizerem a sua parte.

Nesta sexta-feira novas medidas foram anunciadas com o objetivo de resguardar a saúde pública nesse período de pandemia. O novo decreto determina o toque de recolher das 21 horas até as 05 da manhã, prevê o fechamento das barreiras sanitárias e o acesso à cidade à noite e garante o funcionamento apenas dos serviços considerados essências, que são as atividades indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade.

De acordo com o decreto, fica proibida a circulação de pessoas nas vias públicas, das 21 horas às 05 da manhã, com exceção dos profissionais de segurança pública, de saúde, bem como pessoas em situação de urgência ou emergência médica e a quem estiver prestando socorro. A barreira sanitária situada no quilômetro 06 será fechada das 22 horas às 06 da manhã, sendo permitido o trânsito de profissionais de segurança pública, de saúde, bem como pessoas em situação de urgência ou emergência médica e também a quem estiver prestando socorro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *